Instituto Superior Técnico

Núcleo de Arquivo

Sistema de armazenamento para arquivo digital

O sistema de arquivo digital do IST deverá incluir caraterísticas de disaster recover, histórico de acessos, de ações, de versões e de eliminações, bem como propriedades de autenticidade, integridade e valor probatório dos objetos digitais e respetiva metainformação.

O projeto tem por enfoque a integração de um conjunto de recursos e processos que garantam um acesso controlado e continuado no tempo à forma e conteúdos existentes em formatos digitais.

Considerando tratar-se de um projeto plurianual, de desenvolvimento faseado e crescimento anual, o NArQ prevê um aumento anual de 8 TB de espaço de ocupação em arquivo digital, com suporte a documentos em formatos de imagem, vídeo, som, e páginas web com integração de metadados técnicos e descritivos, com acessos e recuperação de conteúdos via intranet e Internet.

Os requisitos gerais:

  • incluir ou possibilitar a inclusão ou a associação de caraterísticas de disaster recover;
  • incluir ou possibilitar a inclusão da gestão de históricos de acesso, ações, versões e eliminação;
  • possuir mecanismos que inviabilizem qualquer alteração à forma e conteúdos das imagens digitais;
  • estar em conformidade com a normalização existente para arquivo digital e preservação digital;
  • suportar a gestão de formatos de som, vídeo e imagem;
  • possibilitar a comunicação e o acesso entre objetos digitais e respetiva metainformação externa através de identificador único;
  • garantir interoperabilidade com sistemas eletrónicos de gestão de arquivo;
  • viabilizar o desenvolvimento de um sistema escalável, de implementação faseada;
  • permitir a integração com funções de migração, emulação e encapsulamento.

Os requisitos específicos:

  • possibilitar a criação de diretórios de rede e áreas de trabalho partilhados;
  • permitir a definição de áreas de trabalho distintas, para utilizadores distintos que promovam imputs e outputs de conteúdos;
  • viabilizar o acesso com frequência variável e de utilizadores, de número variável e em simultâneo;
  • garantir a definição e configuração do armazenamento e do acesso, limitado, parcial ou total, associado a perfis de utilizadores;
  • possibilitar o acesso e recuperação de conteúdos através de fontes variadas (internet, intranet);
  • estar disponível online;
  • apresentar baixa latência;
  • consistir num dispositivo ou conjunto de dispositivos para armazenar dados e informação produzida, enquanto dispositivos primários;
  • permitir a criação de uma área worm para os ficheiros matriz;
  • incluir um sistema de cópia de segurança e possibilitar o envio de backups para locais administrativos ou geograficamente distintos;
  • ser distinta das réplicas de segurança, ficheiros de salvaguarda ou backups;
  • possuir um desempenho eficaz, sem bloqueios ou atrasos de resposta;
  • permitir auditorias ágeis e regulares, bem como reparações rápidas;
  • ser independente do sistema operativo e hardware;
  • suportar diversos discos por nó;
  • suportar diversos nós por unidade de controlo;
  • garantir a introdução de novos discos e nós, heterogéneos e marcas diferentes;
  • disponibilizar interfaces de comunicação;
  • permitir uma gestão eficaz bem como recuperação do espaço de armazenamento, para conteúdos migrados ou áreas de disco disponíveis.